Artigos

Artigos

Por: - Cirurgiã Pediátrica - CRM 9020 RQE 6364
Publicado em 09/09/2015

Conheça os sintomas e riscos da hérnia na virilha, que pode ocorrer em crianças e jovens

Conheça os sintomas e riscos da hérnia na virilha, que pode ocorrer em crianças e jovens

A hérnia na região da virilha, conhecida pelos médicos como hérnia inguinal, é o deslocamento de uma parte do intestino por um espaço na parede abdominal até chegar na região da virilha. Essa condição causa um inchaço (ou abaulamento)  na região inguinal e nos meninos pode descer até o escroto.

Essa hérnia inguinal, chamada também de   indireta, é mais frequente em crianças e adultos jovens, e origina-se de um defeito de nascimento em que o canal inguinal não se fechou como deveria, e é através deste canal que ocorre a herniação das alças intestinais.

Sintomas da Hérnia Inguinal

Esse inchaço na virilha pode se acompanhar de desconforto ou dor, ou ainda de náuseas e até vômitos. Nesses casos, procure um médico para verificar se não é o caso de uma hérnia inguinal.

Possíveis complicações

O inchaço percebido na virilha, nada mais é que o intestino que se deslocou da barriga para dentro da hérnia. Se o intestino fica preso ali, ocorre o que chamamos de “estrangulamento”. Isso é uma urgência e a criança deve ser levada a um pronto-socorro. Ali, o médico tem duas opções: tentar colocar para dentro ou, se não for possível, operar imediatamente pois há o risco de perfurar o intestino.

Tratamento

O tratamento da hérnia inguinal é sempre cirúrgico. Acomete de 1 a 4% das crianças, principalmente no primeiro ano de vida, sendo mais frequentes nos meninos. Em 10% dos casos são bilaterais.

A cirurgia pode ser feita por incisão ou videocirurgia, o médico irá avaliar qual a melhor maneira de tratar o caso. Quando é realizada logo após diagnóstico evita-se as situações de urgência, como o estrangulamento. A recuperação é rápida, praticamente sem repouso, e o procedimento não influencia no funcionamento de outros órgãos, os riscos são os mesmo de qualquer procedimento cirúrgico e dos efeitos da anestesia.

Outros casos de hérnia inguinal

Existe também outro tipo de situação, conhecida como hérnia direta,bem mais frequente no adulto. Ela ocorre, normalmente, quando a pessoa submete a musculatura abdominal a elevadas pressões ao longo dos anos. Com o trabalho excessivo a musculatura tende a se tornar frágil, dando origem aos espaços por onde a hérnia se forma. Casos assim podem surgir no umbigo (hérnia umbilical) e na virilha (hérnia inguinal), que correspondem a 75% de todos os tipos e são 25 vezes mais comuns em homens do que em mulheres e são observados em indivíduos com mais idade.

Ao suspeitar de hérnia inguinal, principalmente em crianças e se atingiu o escroto, consulte um médico. O profissional poderá diagnosticar através de exames físico e complementares e orientar a respeito do tratamento adequado para cada situação.

 

Material escrito por:
- Cirurgiã Pediátrica - CRM 9020 RQE 6364

Graduação em Medicina pela UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis – SC (2000) Residência Médica em Cirurgia Geral pelo Hospital Governador Celso Ramos, Florianópolis –SC (2002) Residência Médica...   Ver Lattes