Artigos

Artigos
09 de julho de 2018

Paternidade tardia: homens estão adiando a hora de ter filhos

Paternidade tardia: homens estão adiando a hora de ter filhos

Cada vez mais, os homens estão deixando para mais tarde a paternidade, ou seja, a decisão de ter filhos.

O número de crianças nascidas de pais com menos de 35 anos de idade está diminuindo, à medida que cresce a quantidade de pais com mais de 35 anos.

Estudos recentes mostram que não é somente a fertilidade feminina que é afetada com o avançar da idade.

Tem problema os homens retardarem a paternidade?

Homens com mais de 45 anos têm uma tendência à diminuição da qualidade dos espermatozoides. Por consequência, ocorre uma diminuição das taxas de gravidez, bem como o aumento do risco de o feto desenvolver alguns problemas, como:

  • síndromes;
  • tumores;
  • doenças neurológicas;
  • autismo.

Homens mais velhos, que expressam o desejo de exercer a paternidade, devem ser alertados destes riscos.