Artigos

Artigos
12 de abril de 2017

Como evitar a ejaculação precoce

Como evitar a ejaculação precoce

A ejaculação precoce (ou rápida) é uma queixa relativamente frequente dos casais. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), cerca de 25% dos brasileiros têm ejaculação rápida em algum momento da vida, mas, muitos não procuram ajuda médica. Pelo contrário, tentam resolver o problema comprando remédios sem prescrição, agindo de forma contrária à orientação de que nenhuma pessoa deve se automedicar. Com essa conduta, acabam perdendo tempo e não conseguem resolver seu problema. Para saber como evitar a ejaculação precoce, o correto é consultar um urologista.

O médico especializado em urologia diagnostica o problema e indica o tratamento adequado para cada paciente. O homem que sofre com a ejaculação precoce é aquele que ejacula e atinge o orgasmo antes de terminar a relação sexual. Geralmente, ele tem vergonha de falar a respeito da situação e, por isso, reluta em procurar um médico.

Nos jovens, a ejaculação precoce está relacionada à ansiedade ou à falta de experiência. Nos adultos, é o estresse que desencadeia a condição. Em homens idosos, a ejaculação precoce pode estar associada à disfunção erétil.

Dicas de como evitar a ejaculação precoce

Os episódios de ejaculação rápida têm de ser recorrentes e persistentes para significarem, realmente, um problema. Ocorrem quando o homem ejacula antes, durante ou logo após a penetração, apesar do pouco estímulo sexual, ou antes do momento desejado.

O urologista pode prescrever medicamentos para tratar a ejaculação precoce e, também, aconselhamento psicológico com a finalidade de reduzir o nível de ansiedade, para que o homem possa controlar o momento da ejaculação.

Além disso, outras dicas de como evitar a ejaculação precoce são:

  • praticar exercícios como ioga, alongamento ou qualquer outro que ajude a relaxar e diminuir a tensão muscular, que está relacionada à ejaculação precoce.
  • Masturbar-se é uma maneira de aprender a controlar a ejaculação. A dica, aqui, é praticá-la até o limite antes do orgasmo e, então, interromper a estimulação. Assim, o corpo e a mente podem aprender a prolongar a fase de excitação. A mesma técnica pode ser usada durante o sexo oral.
  • Outra forma de controlar a ejaculação é cuidar com a posição sexual. É bom evitar a tradicional “papai-mamãe” porque ela deixa o corpo tenso, o que pode estimular a ejaculação precoce. As posturas que aliviam a tensão são melhores, por exemplo, aquelas em que a mulher se mantém por cima.

Há uma subespecialidade da urologia que se responsabiliza somente por diagnosticar e tratar condições que afetam a parcela masculina da população, como a ejaculação precoce: é a andrologia. Os homens interessados, podem consultar-se com o médico andrologista para receber a orientação correta para as suas questões de saúde.