Artigos

Artigos

Por:
Publicado em 07/08/2015 - Atualizado 07/02/2019

Insuficiência renal pode ser evitada quando as causas da doença são tratadas

Insuficiência renal pode ser evitada quando as causas da doença são tratadas

Os rins são os órgãos que filtram o sangue e eliminam na urina o que não é importante para o organismo. A insuficiência renal é a condição que define o mau funcionamento dos rins e a eliminação inadequada de substâncias indesejáveis como a ureia e a creatinina, contribuindo também para a falta de absorção de substâncias necessárias como a glicose e as proteínas.

Insuficiência renal crônica

O agravamento desta condição pode levar o paciente a desenvolver insuficiência renal de maneira crônica ou aguda. As principais doenças que lesam os rins de forma crônica são a hipertensão arterial, o diabetes e as doenças císticas renais. A doença progride e o paciente pode não apresentar qualquer sintoma.

Causas

Histórico familiar de doença renal, alterações da urina, como piúria e hematúria (presença de sangue na urina) e elevação da pressão arterial são fatores importantes que o paciente deve observar e procurar um Urologista para a realização de exames de urina e sangue de maneira rotineira.

Tratamento

O tratamento da insuficiência renal crônica é realizado com sessões de hemodiálise ou através da realização da cirurgia do transplante renal.

Insuficiência renal aguda

Outras condições do organismo, como desidratação severa ou infecções urinárias graves podem levar o paciente à insuficiência renal aguda. Este quadro pode ser dividir em:

  • Pré-renal: quando há quadros de grandes hemorragias, desidratação severa e doenças como a insuficiência cardíaca;
  • Renal: nas infecções urinárias graves, patologias inflamatórias (nefrites) e toxicidade por medicamentos;
  • Pós-renal: decorrente de patologias obstrutivas como a litíase urinária (cálculos renais).

Os sintomas são variáveis para cada estágio e incluem falta de apetite, cansaço, palidez, inchaços nas pernas, aumento da pressão e alteração dos hábitos urinários. Contudo, com o agravamento do quadro todos apresentam a redução do volume urinário em poucas horas ou dias. Nessas condições o tratamento deve ser feito rapidamente pelo médico Urologista e Nefrologista, atacando a doença causadora do problema com a intensão de recuperar o mais rapidamente a função renal.

Doença renal no Brasil

Dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia indicam que cerca de 100 mil pessoas fazem hemodiálise no Brasil, a taxa de portadores de doença renal terminal no Brasil chega, em média, a 20 mil novos casos todos os anos. Muitos desses paciente aguardam por transplantes. Os médicos alertam que a principal conduta do paciente que começa a desenvolver problemas renais é realizar o tratamento da causa da insuficiência, isso pode impedir o desenvolvimento da doença crônica nos rins.

Insuficiência renal é uma das doenças que os médicos Urologistas fazem o diagnóstico e o tratamento. Para saber mais sobre patologias do trato urinário acompanhe os artigos da UROMED sobre prevenção e tratamento desse tipo de doenças.

 

Material escrito por:
- Urologista - CRM 7643 RQE 3410

Graduação em Medicina pela UFPB – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa – PB (1996) Internato Médico pela UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis – SC (1996) Residência...   Ver Lattes