Artigos

Artigos

Por:
Publicado em 21/10/2015 - Atualizado 05/05/2023

Saiba como identificar os sintomas de tumor do trato urinário

Saiba como identificar os sintomas de tumor do trato urinário

Saber como identificar um tumor do trato urinário é fundamental para buscar ajuda médica especializada, garantindo maiores chances de cura. Mas para entender quais os sintomas relacionados a cada tipo de tumor, é importante conhecer o próprio corpo.

sistema urinário é o responsável por separar o sangue das substâncias tóxicas e nocivas ao organismo, eliminando essas toxinas através da urina. Os órgãos que compõem esse sistema são os rins, o ureter, a bexiga e a uretra.

Esses órgãos e tecidos, assim como outras partes do corpo, podem sofrer a influência do crescimento desordenado de células que, de maneira agressiva e incontrolável, se reproduzem e formam os tumores.

Com o avanço da idade, as chances de desenvolver esse tipo de problema são muito maiores, ainda mais se o indivíduo estiver incluído nos fatores de risco da doença. Por esse motivo, o acompanhamento urológico é fundamental, uma vez que auxilia no diagnóstico precoce da doença.

Quais os fatores de risco?

No geral, os fatores de risco são definidos como as causas que podem favorecer as chances de um indivíduo desenvolver um tumor. Segundo o Ministério da Saúde, a idade, fatores endócrinos e até mesmo história reprodutiva podem ser classificados como fatores de risco.

Além disso, algumas pessoas estão mais propensas a desenvolver tumores, principalmente quem já teve casos na família. A hereditariedade é um dos principais fatores que influenciam no desenvolvimento dos tumores urinários.

Contudo, é importante destacar que fatores comportamentais, como alguns maus hábitos, também são responsáveis pelo surgimento da doença, entre eles:

Esses são só alguns dos fatores que colocam a pessoa em risco. Quem se identifica com esse perfil de riscos deve ficar atento aos sintomas que o organismo demonstra.

É essencial estar alerta, uma vez que o tumor do trato urinário, na maioria das vezes, não apresenta sintomas específicos, mas algumas mudanças podem ser observadas. Caso seu organismo tenha desenvolvido um câncer, o diagnóstico precoce aumenta as chances de tratamento e de cura.

Saiba os sintomas do tumor do trato urinário e procure um médico Urologista

Antes de mais nada, é importante ter em mente que o acompanhamento urológico é fundamental e que as idas ao profissional devem ser regulares, com o objetivo de evitar problemas como o tumor do trato urinário.

Cada órgão do sistema urinário possui sintomas específicos, contudo, alguns podem ser bastante semelhantes. Confira os sintomas do tumor de cada órgão do trato urinário.

Bexiga

De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), o câncer de bexiga é o segundo tumor urológico mais frequente, sendo o principal sintoma, assim como de qualquer alteração na bexiga, o surgimento de sangue na urina, a hematúria.

Em alguns casos a urina pode apresentar aspecto avermelhado, porém outras vezes só é possível detectar com exames específicos.

Por isso, caso sinta um aumento na vontade de urinar ou episódios de urgência para urinar, dor nas costas ou dor pélvica e dor ao urinar, com ou sem sangue, procure um Urologista para fazer uma investigação das causas. Na fase inicial, o câncer de bexiga é altamente tratável e apresenta grandes chances de cura.

Rim

Existem inúmeros tipos de câncer no rim, todos capazes de prejudicar a saúde das pessoas. Esse órgão é responsável por filtrar as substâncias nocivas ao organismo e, por isso, estão em constante trabalho. Portanto, caso eles parem de funcionar os danos podem ser enormes.

Em vista disso, os principais alertas para algo errado são a dor lombar, a hematúria, perda de peso repentina, aumento do volume do abdome, cansaço excessivo e febre.

ureter

Responsável por cerca de 4% dos tumores do trato superior, os tumores no ureter são os mais raros e costumam atingir, em sua maioria, homens acima dos 65 anos. Assim como os sintomas dos outros órgãos, o sangue na urina e as dores lombares são os sintomas mais comuns.

Prevenção do tumores urológicos

prevenção do tumor do trato urinário pode manter homens e mulheres afastados do câncer. É importante destacar que os fatores ligados à hereditariedade não podem ser alterados. Contudo são raros os casos de cânceres que se devem exclusivamente a fatores de herança genética.

Enquanto isso, os fatores ambientais são controlados por cada indivíduo e são muito mais determinantes no surgimento, ou não, de câncer. Ou seja, esses fatores são mutáveis de acordo com os hábitos de uma pessoa.

Atualmente o consumo de muitos alimentos industrializados e a falta de atividade física regular, provocam o aumento do peso, o que coloca as pessoas em maior risco para desenvolver uma série de doenças crônicas, não só o câncer.

Comer menos produtos defumados e embutidos (salsichas, bacon, frituras, molhos industrializados) é essencial, uma vez que eles possuem ingredientes que favorecem uma célula cancerosa a crescer, se multiplicar e se disseminar.

  • substitua a ingestão de alimentos processados por opções naturais;
  • deixar de tomar refrigerantes e prefira sucos de frutas feitos na hora;
  • pare de fumar;
  • escolha uma atividade física para praticar com regularidade.

Esses são só alguns dos hábitos que devem ser adquiridos para evitar qualquer tipo de câncer. 

Agora que você sabe como identificar os sintomas de tumor do trato urinário, é essencial ficar atento aos sinais que seu corpo emite. Ao sentir mudanças significativas como dor e sangue na urina, procure um médico Urologista. Ele poderá determinar o procedimento necessário para investigação e diagnóstico de uma possível doença.

Gostou do artigo e quer ficar por dentro de mais conteúdos como esse? Acesse o nosso blog e fique por dentro das nossas publicações! Siga também a Uromed no Instagram e acompanhe em primeira mão todas as nossas novidades. 

 

Material escrito por:
- Urologista - CRM 8402 RQE 4270

Formado em medicina pela UFSC, o Dr. Luís Felipe Piovesan é especialista em urologia pela Fundació Puigvert, Barcelona, e doutor em urologia pela USP. É coordenador científico do Hospital Governador Celso Ramos e foi vice-presidente da Sociedade Brasileira de Urologia, secção SC. Seus principais interesses são a urologia oncológica e tumores urológicos.   Ver Lattes