Artigos

Artigos

Por: - Urologista - CRM 2965 RQE 218
Publicado em 15/10/2021 - Atualizado 04/07/2022

Como prevenir o câncer de próstata por meio da alimentação?

Como prevenir o câncer de próstata por meio da alimentação?

O câncer de próstata é uma doença com diversas causas, envolvendo questões genéticas e hábitos, como a alimentação. Por essa razão, existem alguns métodos que podem auxiliar na prevenção dessa patologia e trazer mais qualidade de vida para o homem.

Conforme o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de próstata é um dos mais incidente nos homens, correspondendo a 29% dos diagnósticos da doença no país. Anualmente, há mais de 65 mil novos casos. Entre os principais afetados, estão os pacientes com sobrepeso e com mais de 50 anos.

Para promover a conscientização e trazer informações relevantes para a prevenção desta neoplasia, a Prostate Cancer Foundation (PCF), organização filantrópica, cujo objetivo é lutar contra essa patologia, lançou o manual Nutrition, Exercise and Prostate Cancer. Ele fala sobre a alimentação rica em antioxidantes, para reduzir os riscos da formação de um tumor.

Continue lendo e veja nossas dicas para combater o câncer de próstata naturalmente.

Qual a relação do câncer de próstata com a alimentação?

A alimentação está diretamente ligada com o processo de oxidação do corpo, que ocorre quando os radicais livres se formam nas células, o que pode acontecer em qualquer local, inclusive na próstata.

Basicamente, o átomo de oxigênio tem dois elétrons, que são fortemente ligados. Quando há a separação do átomo, o que pode ocorrer tanto por uma fonte de calor quanto de luz, esses elétrons são separados e ficam livres para andar pelo corpo.

Esses radicais livres, então, conseguem interagir com células normais e as danificar, o que pode predispor o desenvolvimento de câncer. Quanto mais elétrons livres, maiores são as chances de haver danos cancerígenos.

A PCF compara esse processo que ocorre no corpo com o escurecimento de uma maçã depois de ser cortada. Quando aberta, a polpa da fruta fica exposta ao ar e, consequentemente, ao oxigênio. Esse gás interage com o açúcar e forma radicais livres, que iniciam o processo de oxidação, deixando ela escura.

Assim como a maçã, nós temos uma proteção contra os elétrons de oxigênio, chamado de antioxidantes, substâncias que impedem a ação danosa dessas moléculas. Mas existem muitos fatores que influenciam na sua diminuição, como a inflamação, um processo bioquímico que visa combater uma infecção.

Quando isso ocorre, além de haver uma diminuição dos antioxidantes, ainda há a liberação de radicais livres de nitrogênio e oxigênio, que atuam para matar os invasores, como bactérias, fungos e vírus. Essa reação consegue danificar o tecido normal e o DNA, causando erros que permitem o crescimento do câncer.

Ainda conforme a PCF, a maioria dos tecidos do câncer de próstata, removido cirurgicamente, conta com células inflamatórias, o que demonstra como a oxidação e a inflamação são relevantes no desenvolvimento da doença.

Como a alimentação pode auxiliar na prevenção do câncer de próstata?

A alimentação pode ser uma fonte de substâncias, que evita a inflamação e a oxidação dos tecidos, atuando na prevenção do câncer de próstata. Entre as comidas mais benéficas, estão os alimentos vermelhos, ricos em licopeno.

O licopeno é uma substância antioxidante, que gera uma cor avermelhada. Ela está presente em:

  • tomates;
  • melancias;
  • goiabas e
  • laranja vermelha.

Quando absorvido pelo corpo, essa substância consegue impedir e reparar danos causados pelos radicais livres. Por essa razão, existem muitas pesquisas que mostram o grande potencial que o licopeno tem na prevenção de tumores malignos na próstata.

Além dos alimentos vermelhos, existem outros que devem ser inseridos na alimentação, como:

  • frutas e vegetais coloridos;
  • grãos inteiros;
  • especiarias;
  • peixes marinhos;
  • suco de romã;
  • chá verde e preto, e
  • vegetais crucíferos, como couve, brócolis, mostarda e rabanete.

Outras formas de prevenção do câncer de próstata

Além da mudança na alimentação, outros hábitos podem auxiliar na prevenção do câncer de próstata. Se manter no peso ideal, por exemplo, é uma ótima maneira de evitar a formação de tumores.

Os exercícios físicos também têm efeito antioxidante, ou seja, conseguem reduzir os níveis de oxigênio, que podem causar processos inflamatórios. Ter uma rotina com práticas esportivas também auxilia no controle do peso.

Também recomenda-se:

  • diminuir o consumo de álcool;
  • cessar o tabagismo e
  • fazer consultas periódicas com um urologista.

Dessa forma, é possível prevenir essa patologia e ainda promover a detecção precoce, o que aumenta as chances de recuperação do paciente.

Se você gostou desse conteúdo e deseja conferir mais dicas para a sua saúde, nos siga no Facebook e no Instagram. Também não deixe de acompanhar o nosso blog para saber mais sobre doenças urológicas e cuidar melhor de você mesmo.

 

Material escrito por:
- Urologista - CRM 2965 RQE 218

O Dr. Ivam Moritz é formado em medicina pela UFSC e especialista em urologia pelo Hospital Governador Celso Ramos. Seu principal interesse é a Urologia Geral.