Artigos

Artigos
17 de outubro de 2018

Dor no canal da urina: descubra o que está por trás desse sintoma

Dor no canal da urina: descubra o que está por trás desse sintoma

Quando um paciente sente dor no canal da urina é importante procurar ajuda médica para que as causas do problema não sejam confundidas. Na maioria das vezes, esta dor pode vir acompanhada de infecção urinária, embora essa não seja a única manifestação do problema.

Por isso, é fundamental que um urologista reconheça o quadro clínico com todas as manifestações para realizar o diagnóstico com precisão.  Vamos saber um pouco mais sobre a dor no canal da urina?

Dor no canal da urina: o que significa?

O sistema urinário é composto, basicamente, por dois rins, dois ureteres, a bexiga urinária e a uretra. O trato urinário é responsável por eliminar substâncias prejudiciais ao organismo, como resíduos metabólicos das células e toxinas.

O canal da urina, por sua vez é chamado de uretra, responsável por levar a urina da bexiga até o meio externo. Dessa forma, chamamos de uretrites as doenças que acometem a uretra, o canal que conduz a urina da bexiga ao meio externo. As uretrites podem ser:

  • inflamatórias: quando possuem sua origem em irritações desenvolvidas por manipulações da uretra;
  • infecciosa: quando possuem sua causa vinculada a doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), principalmente por clamídia, gonorreia e herpes genital. No entanto, nesse caso, também podem ser provocadas por fungos, vírus e protozoários.

Desconforto ao urinar é o principal sintoma das uretrites

A uretrite pode sugerir o aparecimento de febre como sintoma, caso a infecção atinja os rins. Entretanto, na maioria dos casos, as uretrites tem como principal sintoma o desconforto ao urinar, causada pela infecção urinária.

É importante orientar que a Infecção do Trato Urinário (ITU) pode se manifestar em diferentes órgãos:

  • a uretra: ocasionando a uretrite;
  • a bexiga: que leva à cistite;
  • os rins: desencadeando a pielonefrite.

Outras causas para a dor no canal da urina

A dor no canal da urina pode aparecer como um sintoma de infecção urinária ou pode sinalizar outros problemas provenientes da ardência do canal da urina.

 

As inflamações na próstata, epidídimo, vagina e testículo, por exemplo, também podem apresentar esse desconforto como sintoma. Chamamos de disúria essa dor ou ardência ao urinar.

Quem pode sofrer de uretrite?

De acordo com a SBU – Sociedade Brasileira de Urologia, a uretrite é bastante comum e pode acometer homens e mulheres, embora o sexo feminino seja mais facilmente acometido. As crianças também podem ser acometidas. Veja:

Uretrite em crianças

Antes de um ano de idade da menina, é possível que hajam sinais e sintomas que podem alertar para a vulvovaginite. Esse é um problema que desencadeia o quadro de infecção urinária na infância.  No entanto, este é um problema pode ser prevenido por um exame clínico.

Um problema frequente que pode desencadear a vulvovaginite é a maneira de se limpar após a defecação, levando ao contato direto das fezes com a vagina e o períneo. Dessa forma, a área encontra-se contaminada e favorece o surgimento da cistite.

No caso dos meninos, se houver fimose, é possível que venha seguida de uma inflamação no pênis, chamada de balanopostite, o que poderá incitar a infecção urinária.

Uretrite na mulher

O sexo feminino possui chances aumentadas de contrair a bactéria, em decorrência da uretra ser mais curta e a exposição externa ser maior. Alguns fatores podem predispor ainda mais o surgimento do problema, como:

  • diabetes;
  • alterações no pH vaginal seja por complicações ginecológicas ou pela própria gravidez;
  • vulvovaginite: que corresponde a inflamação da vagina e da vulva, aumentando a exposição de germes até a bexiga.

Uretrite no homem

De maneira geral, a infecção urinária nos homens pode aparecer em decorrência de alteração da funcionalidade da próstata, que tende a aparecer após os 50 anos.

Juntamente com a infecção urinária, é possível que nesse contexto ainda haja dificuldade para esvaziar a bexiga completamente, assim como o jato urinário fraco e o consequente aumento de micções.

E se o problema não for tratado?

O tratamento da dor na uretra dependerá da causa do problema, já que não existe um medicamento único para todas as origens. Por isso que a eficácia do tratamento irá depender da qualidade do diagnóstico.

É muito importante procurar um urologista, assim que sentir os primeiros sintomas de dor  no canal da urina. Dessa forma, será possível evitar complicações mais severas e reverter o quadro inflamatório ou infeccioso o quanto antes.

Caso a infecção urinária não seja tratada corretamente, é possível que evolua para um quadro de pielonefrite. Nesse caso, as complicações podem levar à cicatrizes nos rins, prejudicando a função saudável do órgão.

O artigo foi relevante para você?  Compartilhe em suas redes sociais! Em caso de dúvidas, entre em contato com nossa equipe e fique por dentro dos cuidados necessários para a sua saúde urinária.