Tratamentos

Hiperplasia prostática benigna (HPB)

O que é

A HPB é uma condição benigna da próstata, pequeno órgão que faz parte do sistema reprodutor masculino e tem como principal função produzir parte do sêmen. A HPB não causa nem leva ao câncer de próstata. Entretanto a doença benigna e o câncer de próstata podem ocorrer ao mesmo tempo.

Causas da HPB

A próstata é afetada por dois principais períodos de crescimento durante o processo de envelhecimento masculino. O primeira ocorre no início da puberdade, quando a próstata dobra de tamanho (devido à atuação dos harmônios masculinos). A segunda fase de crescimento começa por volta dos 25 anos e continua durante a maior parte da vida de um homem. Assim o aumento da próstata é uma condição comum aos homens que envelhecem.

O aumento da glândula prostática pode, entretanto, causar sintomas urinários incômodos que, se não forem tratados, podem dificultar o fluxo de urina para fora da bexiga e causar problemas nos rins, trato urinário e bexiga.

Sintomas

Com o aumento da próstata, ela pode comprimir a uretra, reduzindo seu calibre. Com a necessidade de exercer mais pressão para a micção, as paredes da bexiga se tornam mais espessas. Eventualmente, a bexiga pode enfraquecer e perder a capacidade de esvaziar completamente, deixando alguma urina residual dentro dela.

Os sinais e sintomas comuns de HPB incluem:

Sintomas de armazenamento

  • Aumento da frequência urinária de dia (polaciúria) e/ou à noite (noctúria)
  • Necessidade urgente de urinar (desejo súbito e incontrolável de urinar)

Sintomas de esvaziamento

  • Dificuldade para iniciar a micção (hesitação)
  • Fluxo urinário fraco ou um jato urinário que interrompe e recomeça
  • Gotejamento no final da micção
  • Incapacidade para esvaziar completamente a bexiga
  • Esforço para urinar
  • Vontade de urinar novamente logo após terminar de urinar
  • Dor durante a micção (disúria)

Quando consultar um médico

Se você está tendo problemas urinários, é muito importante consultar com um médico Urologista. Mesmo se você não apresentar sintomas urinários incômodos, é importante para identificar ou descartar as causas subjacentes. Não tratados, problemas urinários podem levar à consequências maiores, como a obstrução do trato urinário.